quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Do Outro Lado da Montanha

      Há muitos anos atrás, numa estranha vila em que eu sempre vivi, acordei de um profundo sono com a trágica notícia: Tooly morreu!
      Tooly era meu gato de estimação. Nós sempre caminhávamos pelas tristes manhãs desse mundo acinzentado, que só trazia tristeza e desgosto. Mas hoje, com essa horrível notícia, caí em prantos e, sozinha, resolvi caminhar pela estrada da escuridão.
      Andei por aquele imenso bosque, que era chamado de estrada por transportar as almas perdidas que vagavam pela nossa vila até o tão escuro céu.
      Nunca tive medo, pois sabia que um dia eu também passaria por lá.
      Enquanto caminhava, eu observava como tudo era feio e destruído. Meu desejo sempre fora residir num mundo belo, com vida, com paz...
      Ao longe, observei uma grande montanha, que parecia ter uma luz em seu topo. Nessa montanha havia uma escada, que não parecia ser muito confiável para se subir.
      "Por que alguém construiria uma escada numa montanha enorme?!", me perguntei. "Mas e daí? O que me interessa nesse momento, na realidade, é subir até o topo!"
      Subi as escadas, confiante. Cada degrau em que pisava me dava um sentimento de paz.
      Chegando no topo, fiquei boquiaberta; uma imensa floresta verde e iluminada, com fadas e duendes. Toda aquela beleza me trouxe uma sensação de... simplesmente de vida!
      Decidi largar toda aquela escuridão e me joguei naquela paisagem perfeita de cima da montanha. O problema é que eu não sabia se era tudo verdade ou se era tudo...             ...ilusão.

                                                                                          Fim.

4 comentários:

  1. Tah de Parabéns Lorena,adorei seu blog e prometo que eu vou seguir ele....
    Muito legal as historias que servem de apoio para algumas pessoas que deem um toque em sua vida que tudo pode acontecer de uma hora para outra,fazendo assim que elas se reflitam com aquilos que elas bem querem...
    Beijoos e Abraços,do seu amigo Marcos (o mais lindo da sala)(vc sabe que é brincadeira)

    ResponderExcluir
  2. hauhsuhasuh Obrigada, Marcus =] Que bom que você gostou das histórias... ^^

    ResponderExcluir
  3. Nossa. está história faz mesmo agente pensar !Na vida e em tudo o que está em volta, quando estamos tristes..o mundo parece virar cinzas.. mas quando estamos feliz.. ela fica muito mais bonito.. pelo menos esse foi o meu jeito de interpretar ! Adorei... como todos os outros textos !

    ResponderExcluir
  4. Boa interpretação, Falsa Princesa! Mas nunca experimente se jogar de uma montanha como eu fiz naquela época... (mesmo que em uma situação difícil, em que a felicidade parece se encontrar do outro lado dela).
    Ah.. desculpa as tolices que eu falo... Mas é que às vezes eu tenho pensamentos complexos do que eu mesma escrevo... '-'

    ResponderExcluir